Impostômetro de Inhambupe

Veja no Blog

quinta-feira, 30 de abril de 2015

Secretária de Educação sai fortalecida após prestação de contas à Câmara de Vereadores de Inhambupe


Quem se dirigiu à Câmara de Vereadores de Inhambupe na noite dessa terça-feira (dia 28) na esperança de assistir ao “massacre” da secretária de Educação do município, Iranilda Figueiredo, convocada para prestar contas àquela Casa das ações de sua pasta, saiu de lá decepcionado. 

Firme e determinada, a secretária respondeu satisfatoriamente a todas as questões que lhe foram dirigidas, obteve o reconhecimento de boa parte dos vereadores e os aplausos da plateia.

Após esclarecer os motivos pelos quais ficou impossibilitada de comparecer à Câmara em convocações anteriores, a secretária entregou um relatório impresso aos vereadores, apresentou um data-show com as principais realizações da Educação, como os benefícios proporcionados por investimentos nos programas PNAIC/Pacto, Topa, Proerd e na parceria com o Instituto Chapada de Educação, entre outros, e respondeu às perguntas que lhe foram dirigidas com clareza, algumas vezes respaldada por informações técnicas complementadas por dois assessores que a acompanharam.

Iranilda explicou que, quando assumiu a pasta, em julho de 2013, encontrou as contas da merenda escolar bloqueadas devido a duas prestações de contas atrasadas, e que somente algum tempo depois é que pode regularizar a situação. Revelou que o dinheiro que recebe do governo federal não cobre as despesas com a merenda escolar, pois a cada aluno é destinado apenas R$ 0,30 por dia, sendo o restante coberto pela prefeitura.

 



Ao receber um relatório elaborado pela Comissão de Educação, Saúde e Assistência da Câmara Municipal sobre a situação das escolas municipais, a secretária revelou já ter visitado pessoalmente mais de 80% das escolas do município e que conhece a situação de cada uma delas, mas prometeu anotar os problemas levantados pelos vereadores e tomar as providências cabíveis, dentro das possibilidades financeiras de que dispõe.

A secretária ressaltou que a merenda escolar não sofreu nenhum problema de continuidade no ano de 2014, estava enfrentando contratempos no início desse ano devido a questões que assegurou serem solucionadas com a conclusão da licitação, que já aconteceu.

 Ela negou ainda o alto índice de evasão escolar sugerido pelos vereadores apresentando dados que colocam Inhambupe com apenas 4,75% de índice de evasão em 2014 e 1,44% nos três primeiros meses de 2015, muito inferior à média nacional que é de 24,3%.

Ao final, mesmo os vereadores mais críticos reconheceram as dificuldades financeiras enfrentadas pela Secretaria de Educação, uma situação vivenciada em todo o país, sendo a secretária elogiada por sua coragem e espírito aguerrido.

 Nas considerações finais, após citar um texto do educador Paulo Freire a secretária foi muito aplaudida, prometendo voltar no próximo ano esperando ter dados mais otimistas para apresentar aos 
inhambupenses.Fonte/ascom
http://comunicacaojc.blogspot.com.br/2015/04/secretaria-de-educacao-sai-fortalecida.html